Publicações

Noticia - Postado em 13/09/2015 16:37:34
ABBTUR PARTICIPA DE ELABORAÇÃO DE PLANO ESTRATÉGICO DE ESTATÍSTICAS DO TURISMO

 A convite do Ministério do Turismo, a ABBTUR Nacional, representada pelo Presidente Turismólogo Elzário Pereira da Silva Júnior, participou do II Seminário Técnico do Plano Nacional Estratégico de Estatísticas Turísticas, realizado dias 2 e 3 de setembro, na sede da Fundação Getulio Vargas - FGV - Unidade Brasília, localizada na Via L2 Norte - Quadra 602 - Asa Norte - Brasília - DF.

O Plano tem o objetivo de definir as diretrizes estratégicas a serem seguidas para a produção, armazenamento e disseminação de estatísticas sobre a atividade turística no Brasil. Sua implementação visa avançar no alinhamento das estatísticas nacionais de turismo às Recomendações Internacionais de Estatísticas de Turismo – RIET 2008, da Organização Mundial do Turismo (OMT), e avançar na operacionalização dos compromissos de harmonização de pesquisas aprovadas pelos países participantes do Projeto Conesul – Projeto de Harmonização de Sistemas de Estatísticas de Turismo dos Países do Conesul. Na pauta de dois dias de trabalho foram avaliados os resultados de pesquisa de turismo internacional e temas como a colaboração entre os países do Cone Sul para harmonizar sistemas de estatísticas, ampliação da pesquisa de serviços de hospedagem e aplicação dos dados para desenvolvimento do setor

A documentação de referência, base para realização do piloto do turismo internacional está disponível em

 www.dadosefatos.turismo.gov.br/dadosefatos/outros_estudos/plano_nacional/.

 

O governo brasileiro quer aprofundar seu conhecimento sobre o mercado de viagens e turismo aperfeiçoando os mecanismos de produção de dados e o uso das informações coletadas sobre o setor.

“Com a implementação do plano, que está sendo construído de forma coletiva, o setor do turismo será medido de forma mais precisa. Com isso, daremos um salto qualitativo nas estatísticas sobre o setor”, disse o diretor do Departamento de Estudos e Pesquisas do MTur, José Francisco Lopes, na mesa de debates do I Seminário Técnico do Plano Nacional Estratégico de Estatísticas Turísticas – Brasil 2016-2021.

Um dos temas debatidos foi a contribuição do MTur para o desenho, implementação e fortalecimento do Sistema Nacional de Informações Turísticas (Situr). O plano nacional, alinhado com as recomendações da Organização Mundial de Turismo (OMT), contribui com este objetivo ao definir diretrizes para a coleta, armazenamento e a disseminação das estatísticas de turismo no país. O modelo será alinhado com os países do Cone Sul e contribuirá para impulsionar os sistemas estaduais de informação turísticas.

“As plataformas técnicas têm um ingrediente político importante. Assim, é fundamental o respaldo do Ministério do Turismo para este projeto”, disse o consultor do Consórcio FGV/Fipe, Alfredo Garcia. O representante do IBGE, Roberto Saldanha, disse que a entidade é parceira nessa “empreitada” que, segundo ele, pode fornecer, em médio prazo, informações para o planejamento de políticas de turismo e para o cidadão.

O representante do Banco Central, Thiago Viera, da Divisão de Balanço de Pagamentos, falou da importância do fortalecimento do sistema de informações de turismo e da relevância deste para a apuração da conta de viagens, que estima gastos dos brasileiros no exterior e de estrangeiros no Brasil. “O banco enxerga a plataforma como uma oportunidade de mão dupla”, disse ele.

Moderador do debate, o consultor do MTur Antonio Massieu ressaltou a importância da realização do seminário para o alinhamento de informações com as instâncias envolvidas na elaboração do Plano Nacional. O diretor do Departamento de Estudos e Pesquisas do MTur anunciou a realização de um projeto piloto da pesquisa de Demanda Turística Internacional, que trará informações sobre o turista estrangeiro que visita o país com metodologia renovada.

 

voltar ver mais

 
 

 Parceiros